PublicidadePublicidade

Médico de Anápolis não resiste à Covid-19 e morre aos 71 anos

Profissional tinha mais de 45 anos de atuação e era admirado pela cordialidade e respeito com que sempre tratou colegas e pacientes

Denilson Boaventura Denilson Boaventura -

O médico pneumologista Cristovam Guilherme Nunes de Alvarenga Filho não resistiu às complicações da Covid-19 e morreu nesta segunda-feira (07), aos 71 anos.

Dr. Alvarenga, como era conhecido, lutou por mais de um mês contra a doença e passou os últimos dias internado em uma unidade de saúde particular de Goiânia.

Com mais de 45 anos atuando na medicina da cidade, ganhou reconhecimento e admiração pelo respeito e cordialidade com que sempre tratou colegas de profissão e pacientes.

PublicidadePublicidade

O Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás (Cremego), a Clínica Popular da Saúde de Anápolis e a Policlínica Popular foram algumas das instituições que lançaram nota de pesar lamentando a perda.

Segundo o jornal Contexto, Dr. Alvarenga foi cremado e teve as cinzas levadas para a cidade de Vitória, capital do Espírito Santo (ES).

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade