PublicidadePublicidade

Comandante volta com avião para aeroporto após passageiro ofender comissário

”Viadinho de bosta”, disse o homem antes de ser retirado da aeronave pela Polícia Federal

Rafaella Soares Rafaella Soares -

A Polícia Federal (PF) precisou entrar em um avião da Latam, no aeroporto de Guarulhos, em São Paulos, na segunda-feira (15), para retirar um passageiro nervoso.

O motivo? O homem teria ficado incomodado porque um comissário o acordou para pedir que levantasse o assento, já que estavam perto de iniciar a decolagem e a posição faz parte do protocolo de segurança.

A reação foi a pior possível. É que o passageiro, ao invés de cumprir com o que foi solicitado, reagiu com homofobia, chamando o profissional de “viadinho de bosta”.

PublicidadePublicidade

O comissário contou a situação para um superior, que se dispôs a resolver o problema, mas também foi ofendido.

Em resposta a usuário revoltados com a situação nas redes sociais, a Latam justificou que o desembarque do passageiro ocorreu em função de “comportamento indisciplinado”.

“Repudiamos veementemente qualquer tipo de ofensa e qualquer opinião que contrarie o respeito não reflete os valores e os princípios da empresa”, afirmou.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade