PublicidadePublicidade

Idoso, policial aposentado e com armas em casa: o drama de mulher em Anápolis que temeu ser morta

Ocorrência foi atendida em um esforço conjunto da Polícia Militar e a Patrulha Maria da Penha

Da Redação Da Redação -

A Polícia Militar (PM) contou com o auxílio da Patrulha Maria da Penha para atender mais uma ocorrência de violência doméstica em Anápolis na manhã desta quarta-feira (23).

O crime da vez aconteceu na Vila Jaiara, bairro da região Norte da cidade, e foi denunciado pela própria vítima, uma mulher de 44 anos.

Segundo ela, as agressões do marido, um idoso de 74 anos, acontecem há bastante tempo, porém, esta mais recente teria ultrapassado todos os limites e a obrigado a buscar ajuda policial.

De acordo com o relato da vítima, ele teria ‘partido pra cima’ dela após um pedido de dinheiro para comprar comida.

O suspeito teria a agarrado pelo pescoço e batido a cabeça dela contra a parede, além de proferir diversas ameaças de morte.

Ele só teria parado depois que a vítima gritou implorando por ajuda. Após a agressão, ele se dirigiu a um imóvel do outro lado da rua, que também pertence ao casal.

Neste momento, a mulher aproveitou para contatar as autoridades e chamar ajuda. A equipe da PM se mobilizou rapidamente e localizou o homem ainda na segunda residência.

E foi lá que a história toda ganhou capítulos ainda mais dramáticos.

Isso porque o suspeito foi identificado como um policial aposentado e um total de duas armas de fogo foram apreendidas em posse dele, além de vários cartuchos com munições.

Todo o material apreendido, juntamente do suspeito, foram encaminhados à Delegacia Geral para dar início aos devidos procedimentos legais.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade