PublicidadePublicidade

Marconi é condenado por caixa 2 e recebe duas punições da Justiça

Depois do trânsito em julgado, o ex-governador também poderá perder os direitos políticos

Denilson Boaventura Denilson Boaventura -

Condenado por caixa 2 na campanha eleitoral de 2006, quando foi eleito senador, o ex-governador Marconi Perillo (PSDB) deverá prestar serviços comunitários e pagar o valor de R$ 18 mil.

A sentença foi proferida em 1ª instância pelo juiz eleitoral Wilson da Silva Dias, da 133ª Zona Eleitoral.

Depois do trânsito em julgado do processo, Marconi poderá, também, perder os direitos políticos por um ano e oito meses.

O Ministério Público Eleitoral (MPE), que fez a denúncia, apontou que o tucano usou servidores públicos no horário de expediente para fins particulares, além de ter utilizado aviões da Polícia Militar e do hangar do Estado.

Segundo o MPE, Marconi ainda teria feito uso indevido de serviço de co-piloto na campanha, com recursos do Governo de Goiás.

Além de caixa 2, o órgão denunciou, sem sucesso, o ex-governador por outros três crimes: peculato, associação criminosa e fraude processual. Ainda cabe recurso.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade