PublicidadePublicidade

O desespero da mãe que teve de recorrer à PM para evitar tragédia dentro de casa em Anápolis

Ela também estava cuidando de dois netos pequenos e teve vários pertences destruídos

Da Redação Da Redação -

O final da tarde deste domingo (29) foi de muito desespero para uma mulher que precisou acionar a Polícia Militar para deter o próprio filho, no Residencial Girassol, nas proximidades do Industrial, em Anápolis.

Quando a corporação chegou no local, ela contou que o rapaz, de 27 anos, pulou o muro da casa dela, mesmo tendo uma medida protetiva que o proíbe de se aproximar, e causou uma grande confusão.

É que, no interior da residência, ele teria tentado agredir o irmão deficiente, o ameaçado de morte e quebrado vários eletrodomésticos.

PublicidadePublicidade

No momento, a mulher também estava com os dois netos pequenos em casa e decidiu pedir ajuda para que algo mais grave não acontecesse.

O jovem ainda teria tentado avançar contra os policiais assim que os viu. Por isso, a equipe precisou usar da força física para contê-lo.

Durante o encaminhamento para a Central de Flagrantes, ele também danificou a parte interna da viatura com chutes, xingou os agentes e prometeu que quando saísse da cadeia se vingaria de todos.

Ele já está à disposição do Poder Judiciário e deverá responder  por dano, resistência, desacato e pelo descumprimento da medida protetiva.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade