PublicidadePublicidade

Postos de combustíveis de Anápolis também devem ser impactados com nova greve

Data para início do movimento já foi definido por Sinpospetro e, até lá, categoria ainda diz estar disposta a negociação

Denilson Boaventura Denilson Boaventura -

Por melhores condições de trabalho, os frentistas, auxiliares, gerentes e demais profissionais de Anápolis que atuam em postos de combustíveis podem cruzar os braços.

Nesta quarta-feira (09), o Sindicato dos Empregados em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de Petróleo de Goiás (Sinpospetro) deliberou, durante assembleia, por greve em todo o estado.

Segundo Hélio Araújo, presidente da entidade, os órgãos competentes devem ser notificados até o final da semana e se não houver avanço nas negociações, a paralisação deve iniciar já a partir de segunda-feira (14).

PublicidadePublicidade

O líder sindicalista afirma que desde o início da pandemia os postos retiraram diversos benefícios da categoria, como a entrega de cestas básicas e plano odontológico.

Hélio Araújo é presidente do Sinpospetro. (Foto: Reprodução)

A data-base, que deveria ter sido cumprida em março, também não está sendo respeitada e os trabalhadores seguem sem reajuste salarial.

Antes de deliberar por greve, o Sinpospetro teve seis rodadas de negociação com o sindicato patronal dos postos, além de outras quatro com o Ministério Público. Todas sem sucesso.

Um total de 3 mil estabelecimentos devem ser afetados em todos o estado.

Hélio Araújo se reunirá com a Federação Nacional dos Postos de Combustíveis nos próximos dias para mapear como será feita a paralisação, caso as reivindicações não sejam atendidas.

Ao Portal 6, ele afirmou que Anápolis é um das cidades chaves do movimento, assim como Goiânia e a região Metropolitana. Hélio Araújo foi eleito no último pleito pelo PL e a partir de janeiro comporá a Câmara Municipal.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade