PublicidadePublicidade

Flagra de policial paulista retribuindo soco em mulheres já está tendo consequências

Especialista explica porque militar, que já está sendo investigado, deveria ter agido diferente

Avatar Gabriella Licia -

Um vídeo de um policial militar agredindo duas mulheres começou a circular nas redes sociais e internautas estão horrorizados com a cena. O caso aconteceu no último dia 14, mas tornou-se público apenas nesta semana.

É que após um acidente de trânsito na cidade de Carapicuíba, interior de São Paulo, uma guarnição militar foi acionada para solucionar o problema entre os envolvidos, mas acabou piorando a situação.

Extremamente agressivos, os motoristas que participaram da colisão entre um Ford Escort e um HB20 receberam a corporação exaltados, com xingamentos e ameaças.

PublicidadePublicidade

Em um vídeo gravado por moradores da região é possível ver três mulheres e dois homens aos gritos.

Após ameaças e desacatos, a equipe ordenou voz de prisão aos homens. No entanto, pai e filho ficaram muito irritados e se negaram a entrar na viatura.

No momento da discórdia, uma mulher entra na frente do policial, já impaciente, e bate na cabeça dele.

Ele, impulsivamente, retribui o golpe com outros dois socos e também atinge uma segunda mulher.

Na delegacia, os profissionais se apresentaram lesionados e contaram toda situação, exceto que um deles havia distribuído socos durante a confusão.

Os vídeos rapidamente foram entregues ao delegado responsável pelo caso, e as famílias também foram ouvidas.

Por omissão dos fatos, o policial agora será investigado e a falta de postura já está dando o que falar.

Professor da FGV, Rafael Alcadipani, em entrevista à Band, aponta ausência de profissionalismo por parte do agressor.

“É inaceitável que os policiais sejam tratados dessa maneira. Agora, por outro lado, é por isso que a gente tem uma polícia profissional, que treina e deve agir de maneira certa quando acontece uma coisa dessas. A atitude correta seria imobilizar essas senhoras e prendê-las em flagrante por agressão e insulto aos policiais. Jamais revidar com socos na cara de uma mulher”, pondera.

Os outros envolvidos no acidente responderão pelos crimes de desacato e ameaça.

Assista:

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade