PublicidadePublicidade

Morte de cartorária de Anápolis, vítima da Covid-19, já está repercutindo no estado

Da Redação Da Redação -
PublicidadePublicidade

Titular do Cartório de Registro Civil de Pessoas Naturais da 1ª Circunscrição de Anápolis, Cirineia Alarcão faleceu nesta sexta-feira (08) em decorrência da Covid-19.

Ela tinha 77 anos e estava internada na UTI do Hospital Evangélico Goiano (HEG).

Cirineia era bastante conhecida não somente na cidade, mas também no estado.

PublicidadePublicidade

Tanto é que a Corregedoria-Geral de Justiça de Goiás, por meio do Kisleu Dias Maciel Filho, emitiu nota de pesar pelo falecimento da cartorária.

“Aos familiares, colegas e amigos, neste momento de dor e sofrimento, deixo expresso nosso sentimento de solidariedade, apoio e consternação, convicto de que somente Deus pode dar o conforto e a paz necessários nesta lamentável situação”, disse o magistrado.

“Aproveito o ensejo e reitero a importância de continuarmos cumprindo à risca todos os protocolos sanitários determinados pelas autoridades de saúde em nível mundial, nacional e regional, devido a evolução dos números num espaço tão curto de tempo, especialmente com a chegada ao Brasil da nova variante do coronavírus, a B.1.1.7, originária do Reino Unido, estimada por ser de 50% a 74% mais contagiosa pelos cientistas britânicos. Nosso luto também é em defesa da vida, da saúde e da democracia”, apelou.

Cirineia foi enterrada às 13h30, no Cemitério São Miguel, no Centro, com a presença apenas de familiares mais próximos.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade