PublicidadePublicidade

Lutando contra o câncer, jovem realiza último sonho dez dias antes de morrer

Avatar Gabriella Licia -

A paranaense Adarlele Ribas Andrade de Lara, de 26 anos conseguiu concretizar um último sonho dez dias antes de morrer e o drama acabou viralizando nas redes sociais e emocionando internautas.

Ela desejava muito se casar com o noivo Ruan Pablo de Lara, de 27 anos. Eles haviam se conhecido dez meses antes da cerimônia, mas o pouco tempo foi suficiente para terem certeza do amor que sentiam.

Em entrevista ao G1, o rapaz contou sobre o início da relação.

PublicidadePublicidade

“A gente se deu muito bem desde a primeira conversa pela internet. Um começava a escrever, o outro escrevia a mesma frase. Foi de primeira”, disse o viúvo.

“Vivemos muito em pouco tempo”, completou.

Ela trabalhava como vendedora em uma loja de vestidos de noiva e foi justamente lá que escolheu com qual entraria na igreja.

No entanto, a jovem, que lutava contra o câncer desde longas datas, teve pioras no quadro clínico devido a anemia e fortes dores, sendo necessário internação poucos dias antes da cerimônia.

Com muita luta e força de vontade, ela conseguiu melhorar a tempo de subir no altar.

Ruan conta que, enquanto a esperava no alto da igreja, ela se levantou da cadeira de rodas e continuou o trajeto de pé. A cena emocionou todos os presentes. O desejo de vida de Ada era motivador.

“A hora que estavam saindo da igreja, o Ruan levando ela sentada na cadeira de rodas. Os dois chorando, todo mundo aplaudindo. Ela aplaudia junto com o sorriso mais lindo do mundo”, contou o irmão da jovem.

Porém, quatro dias após a cerimônia, a recém casada precisou ser levada de ambulância para um hospital de Curitiba, passando por fortes dores e fraqueza.

Lá, ela enfrentou os últimos dias ao lado da mãe, de 60 anos, recebendo visitas sempre que possível do esposo, do pai e do irmão.

A doença

Aos sete anos, Adarlele já lutava contra um tumor no rim. Com a vitória, tempos depois do incidente ela recebeu a notícia de um novo tumor, desta vez no braço.

Este foi um pouco mais difícil e interferiu até nas movimentações da jovem, mas isso não a desanimou. Mais uma vez, ela se livrou da doença.

Entretanto, um último apareceu na testa de Ada. Em agosto de 2020, os médicos diagnosticaram a metástase do tumor. O câncer reapareceu na cabeça, na coluna e na bacia.

“Desistir jamais. Nunca passou nem pela minha cabeça nem pela dela. Ela lutou até o fim. A gente sempre acreditou no milagre”, finaliza Ruan emocionado.

 

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade