PublicidadePublicidade

Lockdown de Anápolis é o mais rígido de Goiás; entenda na prática o que abre e fecha

Denilson Boaventura Denilson Boaventura -

O lockdown de Anápolis, classificado pelo prefeito Roberto Naves (PP), como o “mais rígido de Goiás”, entra em vigor a partir das 19h desta sexta-feira (05) e durará até às 04h do dia 15 de março. O documento já foi publicado no Diário Oficial e suspende temporariamente os efeitos da matriz de risco.

“Se cada um ficar em casa, a gente consegue salvar vidas”, disse Roberto ao fazer o anúncio nesta quinta-feira (04). Estabelecimentos que descumprirem as medidas poderão ser multados em R$ 85 mil, além de correrem o risco de ficarem interdidatos. Pessoas físicas também estão passíveis de punição, com multa de até R$ 6 mil em caso de reincidência.

Com o novo decreto, ficam abertos sem restrição somente serviços de atendimento de urgência e emergência, unidades de hematologia e hemoterapia, unidades de oncologia, neurocirurgia, neurologia, intervencionista, pré-natal, terapia renal substitutiva, psiquiatria e reabilitação, atendimento à urgências e emergências odontológicas, farmácias e drogarias, clínicas de vacinação, clínicas de imagem, serviços de testagem para Covid-19, laboratórios de análises clínicas, cemitérios e funerárias e distribuidores e revendedores de gás e de combustíveis.

PublicidadePublicidade

Já estabelecimentos de comércio varejista e atacadista de produtos alimentícios, ficam autorizados a funcionar
ao público das 06h às as 00h, limitando-se a estes a entrada de apenas um membro por núcleo familiar. Supermercados, hipermercados e mercearias, distribuidoras de água, açougues, sacolões e afins se enquadram nessa categoria.

Panificadoras, padarias e confeitarias podem ficar abertas no mesmo horário, mas com funcionamento limitado a retirada no local ou modalidade delivery. Restaurantes, lanchonetes e similares devem atender nesta mesma modalidade, com entregas ao destino do consumidor até às 00h. Já aqueles que estejam às margens de rodovias que cortem a cidade poderão utilizar mesas e cadeiras no limite máximo de até 30% da capacidade de pessoas sentadas.

Agências bancárias e casas lotéricas, funcionam conforme disposição na legislação federal. Cartórios extrajudiciais tem de seguir as normas editadas pela Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás. Cultos, reuniões religiosas e filosóficas estão proibidas na modalidade presencial durante os dez dias do lockdown.

Hospitais veterinários e clínicas veterinárias só devem atender em regime de urgências e emergência. Estabelecimentos comerciais de fornecimento de insumos e gêneros alimentícios e de higiene animal, apenas na
modalidade delivery, assim como estabelecimentos comerciais que atuem na venda de produtos agropecuários.

O transporte coletivo não será interrompido e a Urban não poderá diminuir o número de linhas. Industrias relacionados à saúde, higiene e a alimentação humana, animal, atividades de agricultura e de pecuária, e automobilismo só podem funcionar com a capacidade máxima de até 30%.

Hotéis e pousadas devem obedecer o limite de capacidade de até 50%.

Serviços de call center ficam restritos às áreas de segurança, alimentação, saúde, telecomunicação e de utilidade pública.

Serviços de segurança pública e privada, empresas privadas de transporte, incluindo as de aplicativos, táxis, transportadoras, motoboy e delivery podem continuar atendendo, da mesma forma empresas de saneamento, energia elétrica e comunicação.

Oficinas mecânicas e borracharias e oficinas mecânicas de revendas autorizadas de máquinas agrícolas caminhões e veículos poderão continuar com os atendimentos aos serviços considerados urgentes e emergentes, limitando-se ao quadro de 30% dos funcionários, inclusos nesse quantitativo os mecânicos e vendedores de peças. Autopeças devem atender exclusivamente na modalidade delivery, mantendo-se presencialmente o quantitativo de até 30% dos funcionários.

Durante o lockdown, a vacinação não será interrompida e continuará em sistema drive-thu, com pontos espalhados pela cidade. Em qualquer situação o funcionamento das atividades deverá obedecer rigorosamente a todos os protocolos de saúde e distanciamento social, como uso de máscaras faciais e álcool em gel.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade