PublicidadePublicidade

Insatisfeito com almoço, marido destrói o local de trabalho da esposa em Goiás

Vítima fez desabado e narrou sobre os momentos de terror que viveu

Avatar Gabriella Licia -
PublicidadePublicidade

A mulher, de 32 anos, que teve a clínica de estética destruída pelo esposo por falta de comida na mesa, decidiu desabafar o que realmente havia sofrido. O crime aconteceu no último domingo (21), em Aparecida de Goiânia.

Patrícia Gonçalves Ferreira relevou que teria cozinhado apenas um purê de batata para o almoço, pois era somente aquilo que tinha em casa para comer.

No entanto, quando o marido foi se servir acreditou que a mulher não teria feito o restante do ‘cardápio’ por preguiça. A partir disto, iniciou-se uma terrível discussão.

PublicidadePublicidade

Eles, que são casados há três anos, começaram a se desentender e o parceiro, extremamente agressivo, começou a quebrar tudo que enxergava.

Portas, paredes e, até mesmo o celular da vítima, foram alvos da violência.

“A gente começou a discutir por causa dos xingamentos que ele estava falando para mim. Me ofendendo muito, me difamando. Em tom muito alto. Todo mundo estava ouvindo”, detalhou Patrícia.

Segundo a mulher, o parceiro já havia apresentado em outras situações um comportamento hostil. Inclusive, em fevereiro deste ano, a esteticista registrou um boletim de ocorrência contra o esposo, mas nada disso adiantou.

Preso em flagrante no domingo, o homem precisou pagar uma alta fiança para ser liberado e responder em liberdade.

Medida protetiva

Diante da gravidade da situação, foi concedida uma medida protetiva à Patrícia, contra o ex-companheiro.

Ele precisou retirar os pertences da casa onde moravam para se mudar de imediato.

De acordo com o delegado Moacir Filho, responsável pelo caso, por ter acontecido apenas uma agressão verbal, com dano material, somente a perícia poderá estipular o valor do prejuízo.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade