PublicidadePublicidade

Após perder a mãe para Covid-19, garotinha de Goiás foi estuprada várias vezes pelo avô

Amiguinha dela também denunciou ter sido vítima do idoso, que já foi detido pela Polícia Civil

Da Redação Da Redação -
PublicidadePublicidade

A Polícia Civil de Goiás divulgou na manhã desta quinta-feira (1º) a prisão de um idoso, de 71 anos, suspeito de estuprar a própria neta, de 09 anos, em Piracanjuba, a 141 km de Anápolis.

De acordo com a corporação, a garotinha estava morando com os avós maternos desde o ano passado, depois que a mãe dela morreu em decorrência de complicações da Covid-19.

“Ao invés de ser acolhida nessa nova residência, ela passou a ser abusada sexualmente pelo avô. Descobrimos ainda que esses abusos aconteceram por várias vezes, inclusive neste ano”, afirmou o delegado Leylton Barros, responsável pelo caso.

PublicidadePublicidade

“Outra vítima, amiga da menor, de 10 anos, também foi identificada e confirmou que o avô da amiguinha abusou sexualmente das duas em uma determinada oportunidade”, revelou o investigador.

O idoso não tem antecedentes criminais e, durante o interrogatório, negou a prática dos delitos. Ele foi encaminhado para um presídio local e está à disposição do Poder Judiciário.

Caso seja condenado, pode pegar até 15 anos de prisão por cada abuso cometido.

Já a garotinha deverá ficar em um abrigo temporário, até que um tia obtenha a guarda dela na Justiça.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade