PublicidadePublicidade

Recém-nascido com suspeita de Covid-19 foi retirado da UPA Pediátrica à força pelo pai

Equipe médica tentou explicar de todas as formas que o bebê estava em segurança e sendo bem assistido, mas foi em vão

Da Redação Da Redação -
PublicidadePublicidade

A noite de quinta-feira (1º) foi de aflição na UPA Pediátrica, localizada no bairro Maracanã, na região Central de Anápolis.

Isso porque o pai de um bebê recém-nascido tomou à força a criança e fugiu da unidade.

O motivo? Ele achou um absurdo não poder ficar junto com o filho, que estava isolado por estar com suspeita de Covid-19.

PublicidadePublicidade

A equipe médica tentou explicar de todas as formas que o bebê estava em segurança e sendo bem assistido.

O homem, no entanto, não acatou os argumentos, entrou no quarto e fugiu com o menor do hospital.

A Polícia Militar chegou a ser acionada, mas o pai não foi mais localizado.

O médico plantonista e uma enfermeira foram orientados pela guarnição a comparecer à uma delegacia para formalizar a denúncia e requerer providências para o caso.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade