PublicidadePublicidade

‘Um cara comendo sua esposa’, diz Eduardo Costa sobre treta com Leonardo

"Eu sou um cara extremamente tristão, que tenho princípios e valores", declarou

Da Redação Da Redação -
(Foto: Reprodução)
PublicidadePublicidade

Eduardo Costa, 42, ainda não superou ter deixado o projeto ‘Cabaré’, que realizava em parceria com Leonardo, 57. Ele admitiu ter ficado com ciúmes ao ver que seu antigo companheiro o substituiu por Gusttavo Lima, 31, e que a sensação foi a mesma de presenciar um homem transando com sua mulher.

“Não sei dizer, porque é um sentimento que eu não gosto de sentir. Você gostaria de ver um cara comendo sua esposa? É mais ou menos isso. Esse projeto foi idealizado para cantar o Leonardo e eu, então, se as pessoas enxergarem como ciúmes, eu posso falar que tenho ciúmes, sim”, disse Costa em entrevista publicada no canal do YouTube “Segunda Voz e Cia” nesta sexta-feira (16).

“Você imagina um projeto que idealizei minha vida inteira, eu o montei, deitava na minha cama e sonhava o que a gente ia cantar. Você imagina eu, virando noites e noites produzindo, fazendo os arranjos. O meu ciúmes não é com o Leonardo, ele cantou com um monte de gente antes de cantar comigo, é o projeto, o nome, a marca. Só isso”, ponderou o artista.

PublicidadePublicidade

“Eu sou um cara extremamente tristão, que tenho princípios e valores, e não estou falando que outras pessoas não tenham, mas eu acho que o projeto “Amigos” é Chitãozinho e Xororó, Zezé Di Camargo e Luciano e Leonardo, ou são eles ou não é ninguém. O “Cabaré” é Eduardo Costa e Leonardo”, desabafou.

Apesar de tudo, Costa deixou claro que hoje não tem vontade de se apresentar com o projeto. “Com o tempo as coisas ficam tranquilas, mas acho que todo esse bafafá.. porque querem o tempo inteiro jogar as pessoas umas contra as outras e nós temos uma mídia muito ruim às vezes, e eu não quero fazer parte disso”, disse o sertanejo deixando claro nunca ter se desentendido com Leonardo.

“Quero cantar minhas músicas aqui, levar alegria para as pessoas. Não quero nunca fazer um projeto musical contrariado e se eu fizesse o projeto Cabaré hoje seria somente pela parte financeira. Não estaria com amor ali. Então, prefiro passar essa parte e voltar com o mesmo amor que eu fiz lá atrás”, finalizou Costa.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade