PublicidadePublicidade

São aterrorizantes os detalhes do crime que pastor orquestrou para assassinar a esposa

'Motivo' da execução é absurda e, até o momento, três pessoas já foram presas pela morte dela

Da Redação Da Redação -
(Foto: Arquivo Pessoal)
PublicidadePublicidade

A Polícia Civil divulgou, em coletiva de imprensa, nesta quinta-feira (22), os detalhes assustadores do assassinato de Mariane Kelly dos Santos, de 35 anos, em Itajaí, Santa Catarina.

De acordo com o delegado Sérgio Sousa, foi o marido dela, um pastor de igreja evangélica, que teria orquestrado todo o crime.

O motivo? Ele queria viver com a amante sem a interferência da mulher e ainda ficar com todos os pertences dela.

PublicidadePublicidade

Segundo o Portal NSC Total, a amante do pastor era amiga e vizinha de Mariane. No dia do crime, registrado em 08 de abril, ela teria ido buscar a vítima na cafeteria em que trabalhava. 

Dentro do veículo, no banco traseiro, estavam um sobrinho menor de idade e o genro da amante, que carregava uma arma branca e esfaqueou a mulher até a morte. 

Ao todo, foram cerca de 27 golpes que acertaram na região do rosto e do pescoço. Tanto o genro quanto o sobrinho receberiam R$ 2,5 mil para ajudar no crime.

O corpo de Mariane foi jogado dentro de um rio, na cidade de Navegantes, e o pastor chegou até a lançar uma campanha nas redes sociais, alegando que a esposa havia desaparecido.

Chamou a atenção da Polícia Civil a frieza que o homem demonstrou ao longo de toda a ocorrência. Mesmo assim, ele nega participação no crime.

Como o cadáver foi encontrado em menos de 24h por um pescador, a amante e o genro se desfizeram do carro e tentaram fugir, pegando dois ônibus. Ambos foram detidos já em Recife, capital de Pernambuco.

As investigações ainda não foram concluídas. Porém, até o momento, os três principais envolvidos já foram presos.

O sobrinho menor de idade, que seria envolvido com tráfico e facções criminosas, ainda não foi localizado.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade