PublicidadePublicidade

Após tentativa de estupro, homem cai em emboscada e tem órgão genital arrancado

Vítima foi uma sobrinha dele e Polícia Civil revelou detalhes de como tudo aconteceu

Da Redação Da Redação -
(Foto: Reprodução)
PublicidadePublicidade

A Polícia Civil divulgou, nesta sexta-feira (23), os detalhes de um crime que assustou moradores de Bocaiúva, em Minas Gerais, e está repercutindo fortemente na internet.

É que um homem, de 34 anos, precisou ser socorrido na segunda-feira (19) depois de ter o órgão genital arrancado. O crime teria ocorrido por vingança, uma vez que ele é suspeito de tentar estuprar uma sobrinha, de 20 anos.

Ao repórter João Lan, da rádio Clube 91,5 FM, o delegado Leonardo Diniz contou como foi toda a dinâmica do crime. Os dois suspeitos são primos, sendo que um seria namorado da jovem que foi alvo do homem.

PublicidadePublicidade

“Na última sexta (16), por volta das 20h, ele tentou abusar sexualmente de uma sobrinha. Isso causou revolta na comunidade, especialmente nestes dois rapazes. É importante destacar que um crime não justifica o outro, mas esta foi a motivação”, disse o investigador.

“Os dois indivíduos, que são primos, atraíram a vítima, por volta de 5h de segunda, para ajudar em um canavial. Quando chegou por lá, foi rendida e eles fizeram mutilação de toda genitália”, acrescentou.

Foi o pai da garota, que quase foi abusada, quem encontrou o homem ensanguentado e prestou ajuda. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado em seguida para fazer o resgate.

Já no hospital, o paciente precisou passar por uma cirurgia para reconstrução da função urinária. O órgão genital dele estava enterrado nas proximidades, junto com o facão utilizado para arrancá-lo.

Como não houve flagrante, os dois rapazes envolvidos chegaram a ser presos e precisaram ser liberados. Eles não têm passagens e deverão ser indiciados por tentativa de homicídio.

Já o homem que atacou a sobrinha deverá responder por tentativa de estupro assim que deixar o hospital.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade