PublicidadePublicidade

Após pedir divórcio, mulher é alvo de vários tiros e tem filha covardemente assassinada

Filha e irmã das vítimas, empresária usou as redes sociais para fazer um desabafo emocionante

Da Redação Da Redação -
(Foto: Reprodução / Instagram)

Até esta quinta-feira (06), permanece repercutindo fortemente nas redes sociais o caso de uma jovem de 18 anos, identificada como Mari Araújo, que foi assassinada pelo padrasto a tiros, em Coração de Jesus, Minas Gerais.

O caso ocorreu no domingo (02), depois que o autor, de 48 anos, discutiu com a esposa, de 49, dentro do carro da família. Na ocasião, a mulher pediu o divórcio.

Ela, segundo o Portal BHAZ, havia decidido encerrar a relação porque há algum tempo os dois estavam passando por alguns conflitos.

PublicidadePublicidade

Armado, ele se revoltou com o pedido e atirou na companheira e na enteada, sendo que a jovem foi alvejada no queixo, no ombro esquerdo e debaixo da axila, também do lado esquerdo.

Já a esposa foi baleada nas costas, no seio esquerdo, duas vezes na região da cervical e na cabeça. Ela conseguiu sair do veículo, foi socorrida por populares e levada para um hospital local, onde permanece internada.

O marido ainda tentou se matar na frente das testemunhas, mas havia usado todas as munições nas vítimas. Por isso, fugiu do local ainda com Mari ferida no banco de trás.

O veículo foi encontrado pela Polícia Militar momentos depois, mas a jovem não tinha mais sinais vitais. O autor também acabou conseguindo tirar a própria vida e o corpo foi localizado em uma mata, no dia seguinte.

Despedida

Irmã e filha das vítimas, a empresária Carol Araújo usou as redes sociais de uma famosa loja que possui na região para desabafar e se despedir da caçula.

Na mensagem ela também revela que a mãe ainda não sabe da morte de Mari e que não sabe como contar para as filhas que nunca mais verão a tia.

“Você não sabe quantas pessoas estão sofrendo com a sua partida. Sei que você agora é nosso anjo e eu te peço: cuida da nossa mãe. Ela precisa sair dessa e essa tragédia não pode ser maior”, escreveu.

As publicações já somam 41 mil curtidas e mais de 04 mil comentários de pessoas lamentando a situação e desejando as condolências.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade