PublicidadePublicidade

Nova polêmica surge após morte trágica de MC Kevin no Rio

Vigilância Sanitária está analisando as imagens do show para tomar as medidas cabíveis

Folhapress Folhapress -
(Foto: reprodução)

O último show realizado por MC Kevin, morto no domingo (16), era clandestino, segundo informações da Prefeitura do Rio de Janeiro. O evento aconteceu no sábado (15), na Mansão do Imperador, estabelecimento localizado na Vila Valquiere, zona oeste da cidade.

Em comunicado, a Prefeitura informou que a Secretaria Municipal de Ordem Pública (SEOP) já identificou o estabelecimento e que o local não tinha autorização para realizar o evento. “A Vigilância Sanitária está analisando as imagens do show para tomar as medidas cabíveis.”

O decreto da Prefeitura, estabelecido em 6 de maio, prevê que atividades em casas de espetáculo e concerto e apresentações artísticas em espaços de evento devem seguir medidas de proteção para a Covid-19.

PublicidadePublicidade

A nota informa as seguintes medidas: “Capacidade de lotação máxima somente com público sentado de 40% em locais fechados e 60% em locais abertos; e distanciamento mínimo de 1,5 metros entre os participantes. A formação de filas de espera e de aglomerações na entrada e saída estão vedadas.”

“Já o artigo 2º prevê a suspensão do funcionamento de boates, danceterias e salões de dança, além de rodas de samba e de festas que necessitem de autorização transitória, em áreas públicas e particulares”, completou o comunicado.

A morte de Kevin Nascimento Bueno é investigada pela 16ª Delegacia de Policia do Rio, na Barra da Tijuca. Amigos do funkeiro e a viúva prestaram depoimentos na tarde desta segunda-feira (17). Esta última chegou às 11h e saiu às 20h, chorando e sem falar com a imprensa.

Durante o período em que ficou na delegacia, Deolana Bezerra chegou a brigar com uma suposta amante do cantor, identificada como Bianca Dominguez, 26. A mulher também foi ouvida pela polícia para dar esclarecimentos sobre o caso.

Duas versões são investigadas. Uma delas é de que ele teria ingerido bebida alcoólica antes de tentar pular da varanda do quinto andar na piscina do hotel. A outra é que teria feito uma tentativa de pular de uma sacada para outra para fugir um flagrante da esposa, pois estaria com outras mulheres no quarto.

Nascido em São Paulo, MC Kevin é uma das vozes de “Vergonha Pra Mídia”, música do MC Salvador da Rima com letra que se tornou sucesso. Valquiria Nascimento, a mãe do cantor, se despediu do filho com uma postagem nas redes sociais em que declarou ter perdido um pedaço dela mesma.

Segundo Valquíria, as últimas palavras do filho para ela foram “mãe, eu te amo”. Ela retribuiu a declaração dizendo que também amava o filho até o último dia de sua vida. A esposa de MC Kevin afirmou que ele será para sempre o amor de sua vida: “Eu sempre vou te amar.”

Vários famosos lamentaram a morte e relembraram momentos ao lado de Kevin. Entre eles está o jogador Neymar, que era um ídolo para MC Kevin. “Tínhamos combinado de nos conhecer agora nas minhas férias, mas infelizmente não poderemos. Tenho certeza que ainda te abraçarei e te agradecerei por confiar em mim, na pessoa que eu sou. Vá em paz, menino!”, afirmou.

A morte de MC Kevin teve repercussão internacional. O ator e roteirista Marlon Wayans, do filme “As Branquelas” (2004), lamentou o ocorrido. ” Uma alma tão doce e pura”, escreveu no Instagram. “Com quem vou festejar agora quando for para o Brasil?”.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade