PublicidadePublicidade

Amado por alunos e colegas, professor de Anápolis é mais uma vítima da Covid-19

Profissional tinha apenas 26 anos e mesmo internado se preocupava em mandar o conteúdo das aulas para seus alunos

Rafaella Soares Rafaella Soares -
(Foto: Reprodução)

Amigos, familiares, colegas e alunos estão perplexos com a morte do professor Manoel Viktor Gomides, de 26 anos, que foi registrada no final da noite desta terça-feira (25) em decorrência de complicações da Covid-19.

O jovem dava aulas de física e matemática no Colégio Estadual Antensina Santana, no Centro de Anápolis, e estava internado desde o último dia 02 de maio, em Ceres, município em que o pai dele mora.

Colega de Manoel, Rogério Seabra contou ao Portal 6 que, mesmo durante a internação, o rapaz se preocupava em mandar os conteúdos para que os estudantes não ficassem prejudicados nas matérias.

PublicidadePublicidade

“Ele era sempre prestativo com todos, um professor muito amado pelos alunos. Alegrava todo o ambiente em que estava, sempre de bom humor. Fazia todos rirem e era muito dedicado aos alunos”, disse.

“Todos os professores tinham ele como filho lá no Antensina. Era o colégio onde ele amava trabalhar. Até quando não tinha aula ele aparecia por lá”, acrescentou.

Uma das tristezas para os colegas no momento, além da perda repentina de uma pessoa querida, é a impossibilidade da despedida.

É que o corpo será sepultado em Campos Verdes, local em que a mãe dele vive juntamente com vários parentes. Por isso, não será possível realizar um cortejo com todos os mais próximos que estão em Anápolis.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade