PublicidadePublicidade

Médico de Anápolis esclarece todas as dúvidas sobre a Neurologia

Profissional atua na Clínica Popular de Saúde e explica quando é o momento de procurar ajuda e de realizar exames

Da Redação Da Redação -
(Foto: Divulgação)

O corpo humano sempre dá sinais quando algo não vai bem e é importante sempre se atentar para doenças que envolvam o sistema nervoso e os componentes da junção neuromuscular.

E a busca nesta especialidade é essencial para tratar diversas doenças, que quando diagnosticadas de forma precisa e precoce, auxiliam em um tratamento hábil e ajudam a melhorar a qualidade de vida do paciente.

Para tirar todas as dúvidas sobre esta área tão importante, a reportagem entrevistou  médico neurologista Dr Guilherme Coelho de Azevedo, que atua na realização de exames de eletroneuromiografia na Clínica Popular da Saúde.

O profissional de saúde é formado pela Universidade de Gurupi; tem residência médica integrada HUGO/HGG/HSCMGO em Neurologia em Goiânia; com sub especialização em neurofisiologia clínica com ênfase em eletroneuromiografia, potenciais evocados e doenças neuromusculares, pelo Hospital de Base do Distrito Federal.

Confira a entrevista na íntegra

Quando devo procurar um médico neurologista?

Dr. Guilherme Coelho – A Neurologia é uma especialidade médica que se dedica ao diagnóstico e tratamento de doenças do sistema nervoso central e periférico, que inclui nervos e músculos. As maiores queixas no consultório de um neurologista são dores de cabeça, desmaios, perda de memória, tremores, perda de movimentos e distúrbios do sono. Se o paciente possui sintomas que se enquadram nos listados anteriormente, deve procurar ajuda médica.

Qual a origem dos problemas locomotores?

Dr. Guilherme Coelho – Distúrbios podem causar dificuldade de locomoção que restringem a movimentação da articulação, rigidez, tremor ou dificuldade para iniciar o movimento. A locomoção também fica comprometida quando o paciente sente dor. Pessoas com dores nos músculos, ligamentos, ossos ou articulações tendem a limitar sua movimentação. O médico pode diagnosticar a origem dessa patologia com base nos sintomas do paciente e nos resultados de exames complementares, como a eletroneuromiografia, ressonância e tomografia.

Quando é indicado o exame de eletroneuromigrafia?

Dr. Guilherme Coelho – A eletroneuromiografia é um exame que avalia a presença de lesões que afetam os nervos e músculos. É utilizada para fazer o diagnóstico de determinadas doenças que estejam relacionadas com os impulsos nervosos ou com a atividade elétrica muscular. As doenças que podem causar alterações nervosas e musculares são a polineuropatia, síndrome do túnel do carpo, atrofia muscular progressiva, hérnia de disco, esclerose lateral amiotrófica (ELA), poliomielite, entre outras.

Qual a relação entre nervos e músculos?

Dr. Guilherme Coelho – Para ocorrer uma contração muscular, ou seja, movimento do corpo, os músculos recebem estímulos nervosos, por meio dos nervos conhecidos como nervos motores.

Todos podem realizar o exame de eletroneuromiografia?

Dr. Guilherme Coelho – A eletroneuromiografia não traz riscos maiores a saúde do paciente, no entanto, é contraindicada para pessoas que utilizam medicamentos anticoagulantes. Nestes casos, antecedente ao exame, deve-se informar ao médico, que irá avaliar a contraindicação ou que tipo de tratamento poderá ser feito.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade