PublicidadePublicidade

Governo de Goiás disponibiliza R$ 50 milhões para socorro emergencial dos artistas

“Peço a participação de todos para que possamos distribuir de maneira equitativa aos segmentos culturais”, avisa Caiado

Da Redação Da Redação -
(Foto: Reprodução)

O Governo de Goiás abriu as inscrições para o processo seletivo de projetos culturais para a captação de recursos da Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural. Estão disponíveis cerca de R$ 50 milhões, divididos em 20 novos editais.

“O setor da Cultura foi o mais penalizado por essa pandemia. Peço a participação de todos para que possamos distribuir de maneira equitativa aos segmentos culturais”, destacou o governador Ronaldo Caiado (DEM).

Serão contempladas as áreas de artes visuais, artesanato, audiovisual, arte feminina, pontos de cultura, circo, cultura popular, cultura kalunga e quilombola, crianças e adolescentes, dança, fomento à bibliotecas comunitárias e museus, festivais, direitos humanos, hip hop, letras, teatro e música. Projetos focados nas tradições, no saber goiano e também na trajetória da cultura do nosso povo também estão inclusos.

PublicidadePublicidade

O chamamento foi elaborado pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult) após reuniões com representantes do setor cultural e realização de consultas públicas, que buscaram atender os mais variados segmentos da cultura goiana.

O titular da pasta César Moura ressalta o trabalho anterior ao lançamento dos editais para capacitar os proponentes.

“São 20 editais para atender especificamente os segmentos. Trabalhamos com planejamento, com lives semanais para pessoas do interior e dando capacitação para sanar qualquer dúvida. Pensamos na diversidade que o Estado possui na área cultural para atingir o maior número de pessoas”.

Os interessados devem acessar o site da Secretaria de Cultura (www.cultura.go.gov.br) e as redes sociais da pasta para acompanhar todas as atualizações referentes ao lançamento dos novos editais. A abertura das inscrições será a partir do dia 15 de junho.

Os três editais da Lei Aldir Blanc, lançados pela Secult no ano passado, beneficiaram mais de 1.530 projetos em todo o Estado. A maioria deles já está em execução e abrange diversas áreas como música, audiovisual, culinária, artes plásticas e outras.

Lei Aldir Blanc

A Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural surgiu com o objetivo de auxiliar trabalhadoras e trabalhadores da Cultura, bem como os espaços culturais brasileiros, no período de isolamento social, ocasionado pela pandemia da covid-19.

Mais recursos

Além da operacionalização dos recursos da Lei Aldir Blanc, o Governo de Goiás, por meio da Secult, lançou em abril deste ano o processo seletivo de projetos culturais que buscam recursos do Fundo de Arte e Cultura (FAC).

O edital do FAC, no valor de R$ 2 milhões, irá contemplar locais privados ou municipais que promovam atividades culturais, eventos e festivais de arte, bem como a geração de renda aos trabalhadores da cultura. A ação é mais um suporte do governo do Estado para o segmento cultural no enfrentamento à pandemia de Covid-19.

As inscrições ao certame estão abertas e podem ser feitas pela plataforma digital Mapa Goiano (mapagoiano.cultura.go.gov. br), até dia 7 de junho. Para participar do edital é preciso que o candidato esteja cadastrado no Mapa Goiano.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade