PublicidadePublicidade

Dois anos do assassinato: namorada abre o coração sobre a morte do ator Rafael Miguel

"A dor permanece aqui, na maioria dos dias, guardada em um lugar de difícil acesso, mas não tem sido fácil"

Folhapress Folhapress -
(Foto: Reprodução/Facebook)

A estudante Isabela Tibcherani, 20, usou as redes sociais para lembrar os dois anos do assassinato do namorado, o ator de “Chiquititas” Rafael Miguel, e os pais dele na zona sul de São Paulo, em 9 de junho de 2019. O pai da jovem, o comerciante Paulo Cupertino, 48, acusado do assassinato, permanece foragido da Justiça.

“Sinto que perdi o direito ao silêncio. Esse mês chegou para mim com os dois pés no meu peito e eu só pude abrir os braços e cravar meus pés no chão, porque não posso me abater. Dois anos se passaram e a dor permanece aqui, na maioria dos dias, guardada em um lugar de difícil acesso, mas não tem sido fácil”, escreveu Isabela.

Isabella escreveu que não queria se estender e que não encontra nem palavras, na mensagem publicada no Instagram, no dia 9 de junho. “Não esperava que fosse me sentir assim, como se tivesse sido ontem. Estou abatida, estou cansada dos questionamentos, cansada de ter que ser firme”.

PublicidadePublicidade

A jovem falou que às vezes tudo o que quer é um abraço e o silêncio confortável para poder chorar tudo o que for preciso e seguir em frente. “Não cabe a mim resolução alguma, eu sei tanto quanto qualquer um, e sei mais ainda do que eu sinto, todos os dias e as pessoas soubessem como é dentro da minha cabeça, do meu coração, diariamente. Falta tanto, falta muito, a falta é constante”.

O ator Rafael Miguel, 22, foi assassinado junto com seus pais, no bairro da Pedreira, zona sul de São Paulo. Ele foi atingido por sete dos 13 tiros disparados pelo atirador. Segundo o laudo necroscópico, os tiros atingiram a cabeça, o braço esquerdo, o peito e as costas. Segundo o laudo, o pai de Rafael foi atingido por quatro tiros e a mãe por dois.

Cupertino atirou contra o ator e seus pais, Miriam Selma Miguel, 50, e João Alcisio Miguel, 52, no momento em que eles chegaram em frente à casa da namorada do artista, Isabela Tibcherani, 18, filha do acusado, acompanhados da jovem. O motivo seria ciúmes.

A Justiça determinou, no mesmo dia, que tanto Cupertino quanto seu irmão, de identidade não informada, mantenham distância mínima de 100 metros de Isabela e de sua mãe, Vanessa Tibcherani, 39.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade