PublicidadePublicidade

Centro de Excelência de Tecnologia Ferroviária deve receber R$ 60 bilhões em investimentos, diz Caiado

Solenidade em Anápolis também abriu o calendário em comemoração aos 114 anos que a cidade completará no próximo dia 31

Avatar Danilo Boaventura -
(Foto: Bruno Velasco)

O protocolo de intenções para instalar no atual Centro de Convenções de Anápolis um Centro de Excelência de Tecnologia Ferroviária foi assinado no final da tarde desta quinta-feira (15).

Entre as mais diversas autoridades presentes no evento, estiveram o ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas, o governador Ronaldo Caiado (DEM), o prefeito de Anápolis Roberto Naves (PP) e a reitora eleita da Universidade Federal de Goiás (UFG) Sandramara Chaves.

A solenidade também abriu o calendário em comemoração aos 114 anos que a cidade completará no próximo dia 31.

PublicidadePublicidade

Para o governador, o compromisso pela viabilização do Centro de Excelência acabou servindo como presente de aniversário para Anápolis.

“Preciso lutar muito por Anápolis. Sou anapolino com muito orgulho”, disse.

Caiado adiantou que nos próximos 30 anos serão investidos R$ 60 bilhões no projeto. Os recursos virão do fundo da Agência Nacional de Transportes Terrestres, alimentado pelas concessionárias de ferrovias como a Rumo e Vale.

Uma vez adaptado e em funcionamento, o Centro será o maior do tipo na América Latina e irá gerar milhares de empregos diretos e indiretos.

A pesquisa e o desenvolvimento tecnológico do setor ferroviário tende a ser o principal atrativo para instituições de ensino superior como a UFG e Universidade Estadual de Goiás (UEG).

“Aqui será um local para as principais cabeças do setor de tecnologia ferroviária”, apostou Caiado.

Destacando a importância dos investimentos, o prefeito Roberto Naves evocou o potencial humano presente na cidade para viabilizar um projeto com tantas expectativas.

“Anápolis só é o que é porque tem um povo diferenciado e que não desiste nunca”, discursou.

Maior autoridade do Governo Federal quando o assunto é infraestrutura, o ministro Tarcísio de Freitas garantiu empenho para que o projeto deslanche. Parado há mais de três décadas, o modal ferroviário é a principal aposta da Gestão Bolsonaro para o desenvolvimento do setor de transportes e logística do país.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade