PublicidadePublicidade

Os detalhes do confronto com a PM que parou a BR-060 e terminou com dois criminosos mortos

Ação começou em Anápolis e equipes ainda conseguiram realizar uma grande apreensão

Da Redação Da Redação -
(Foto: Captura)

O sentimento foi de susto e surpresa para vários motoristas que tiveram de parar os veículos por alguns instantes e ainda presenciaram à distância um confronto na BR-060, na altura de Goianápolis, nesta quinta-feira (05).

Todo o caso, porém, começou na Vila Santa Maria de Nazareth, região Central de Anápolis, após equipes de choque da Polícia Militar receberem informações sobre um carregamento de drogas que seria entregue na cidade e que, posteriormente, seria redistribuído para outros municípios.

Na residência, os agentes encontraram 1.012 tabletes de maconha e iniciaram um intenso patrulhamento pela região para encontrar os veículos envolvidos na ação criminosa.

(Foto: Reprodução)

O primeiro, um Jeep Compass, foi localizado quase que de imediato e carregava 284 tabletes da droga. O condutor revelou que estava na cidade a mando de um ‘líder’ e que levaria o material ilícito para o Mato Grosso do Sul com um outro veículo fazendo a escolta.

Com as informações sobre o local em que esse outro carro passaria, as equipes pararam nas proximidades do Posto Pequi, na BR-060, e iniciaram a perseguição assim que visualizaram o automóvel.

Mesmo com os sinais sonoros, os criminosos se negaram a parar e continuaram fugindo. O confronto começou quando os bandidos frearam abruptamente no meio da rodovia e passaram a efetuar disparos contra os policiais, que revidaram.

Depois que os tiros cessaram, ambulâncias do Corpo de Bombeiros foram acionadas e fizeram o encaminhamento dos dois alvejados para o Hospital Estadual de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo (HUANA).

Ambos faleceram na unidade e ainda não tiveram as identidades reveladas. Nenhum policial ficou ferido.

Dentro do carro em que a dupla estava, um GM Ônix, haviam 40 tabletes de maconha e uma carteira com R$ 140 em espécie. Todo o material apreendido foi encaminhado para Central de Flagrantes de Anápolis juntamente com o primeiro detido.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade