PublicidadePublicidade

Dobra o número de casos da variante Delta em Goiás

Em Anápolis, mulher está isolada com o marido enquanto não fica pronto o resultado do sequenciamento genético

Rafaella Soares Rafaella Soares -
(Foto: Divulgação)

Desde a última nota divulgada oficialmente pelos canais de comunicação da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), no dia 27 de julho, o número de casos da variante Delta do novo coronavírus já dobrou.

Se antes Goiás tinha 04 confirmações da cepa, esse número agora saltou para 08, sendo que os últimos três foram confirmados no final de semana e um dos pacientes está internado em estado grave.

Há ainda um caso suspeito em Anápolis, de uma mulher que teve contato com moradores do Distrito Federal, onde há um surto da nova variante. Ela passou por um sequenciamento genético e está isolada em casa, com o marido, enquanto o resultado não é disponibilizado.

Apesar dos novos casos, a SES-GO defende que não há confirmação de transmissão comunitária no estado e nem morte provocada pela Delta.

Por outro lado, o secretário Municipal de Aparecida de Goiânia, Alessandro Magalhães, afirmou em entrevista coletiva que a transmissão já existe, uma vez que ainda não conseguiram identificar como a família do município foi contaminada.

Dos pacientes que testaram positivo para a cepa, 04 são de Goiânia, 01 de Santo Antônio do Descoberto e 03 de Aparecida de Goiânia.

A variante Delta

Identificada pela primeira vez na Índia, a variante Delta se espalhou para vários países e causa sintomas específicos, um pouco diferentes dos causados pela cepa original.

Febre, tosse contínua e perda de olfato e paladar eram os sinais mais comuns da Covid-19, porém a nova linhagem do vírus tem manifestado mais dores de cabeça, garganta, coriza e febre.

São, conforme especialistas, sintomas de um resfriado leve. E é isso que faz a variante Delta ser tão perigosa porque as pessoas, se infectadas, podem não dar a devida importância e continuar circulando normalmente.

Além de provocar sintomas um pouco diferentes, também há indícios de que a cepa seja muito mais transmissível do que qualquer linhagem do coronavírus.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade