PublicidadePublicidade

Padre de 75 anos é encontrado morto em casa na zona oeste de SP

Corpo do religioso foi encontrado sobre a cama, em avançado estado de decomposição

Folhapress Folhapress -
(Foto: Divulgação/ Arquidiocese de SP)

ALFREDO HENRIQUE SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O padre Paulo Francisco Santana Ribeiro, 75 anos, foi encontrado morto em casa, por volta das 14h40 desta segunda-feira (30), na região da Lapa (zona oeste da capital paulista). No quarto do religioso, onde seu corpo estava sobre a cama, foram encontrados vestígios de sangue.

O caso foi primeiramente registrado como homicídio simples no 7º DP (Lapa), mas foi assumido pelo DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa), que analisa as circunstâncias da morte do religioso e quando ela ocorreu, pois o corpo do padre foi encontrado em avançado estado de decomposição. Por causa disso, o departamento apura o caso como “morte suspeita.”

Um capelão iria rezar uma missa com o religioso no Círculo Militar, no domingo (30). Porém, o padre Paulo Francisco, pároco da Igreja Nossa Senhora da Lapa, não compareceu à cerimônia.

PublicidadePublicidade

Como o religioso não respondia às mensagens enviadas e nem atendida aos telefonemas, o cardeal arcebispo de São Paulo Dom Odílio Scherer autorizou que o capelão fosse à casa de Ribeiro, na Lapa, da qual ele tinha uma cópia da chave, segundo boletim de ocorrência registrado na delegacia.

Ao entrar no sobrado, ainda de acordo com o documento policial, o corpo do religioso foi encontrado sobre a cama, em avançado estado de decomposição.

Em todo o chão do quarto, localizado no segundo piso do sobrado, havia manchas semelhantes a sangue, de acordo com os registros da polícia. Objetos como livros e discos estavam espalhados pelo chão. Porém, a polícia não identificou o roubo de nenhum item de valor ou dinheiro.

A SSP (Secretaria da Segurança Pública) afirmou que investigadores do DHPP fazem diligências para esclarecer “todas as circunstâncias da morte” do padre. “A autoridade policial solicitou exames periciais e estão em elaboração. Os laudos serão analisados tão logo forem concluídos”, diz trecho de nota.

A Arquidiocese de São Paulo emitiu nota sobre a morte do padre, acrescentando que a causa do falecimento “ainda é desconhecida”.

Segundo a Igreja, Ribeiro nasceu em 28 de abril de 1946 em Teófilo Otoni (MG). Sua formação como religioso ocorreu na Itália, na França, na Alemanha e no Oriente Médio.

“Após retornar ao Brasil, foi ordenado sacerdote em 28 de abril de 1974, na Arquidiocese de São Paulo”, diz a nota.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade