PublicidadePublicidade

Portugal volta a autorizar a entrada de turistas brasileiros

Decisão foi publicada no Diário da República e entra em vigor já nesta quarta-feira (1º)

Folhapress Folhapress -
Grupo de brasileiros preso no aeroporto de Lisboa sem conseguir voltar para o país durante o início da pandemia, em março Grupo de brasileiros preso no aeroporto de Lisboa sem conseguir voltar para o país durante o início da pandemia, em março -
Grupo de brasileiros preso no aeroporto de Lisboa sem conseguir voltar para o país durante o início da pandemia (Foto: Folhapress)

Giuliana Miranda, de Lisboa – A entrada de turistas brasileiros em Portugal, que estava proibida desde março de 2020, voltou a ser autorizada.

A decisão foi publicada no Diário da República e entra em vigor já nesta quarta-feira (1º). O documento tem validade até 16 de setembro, “podendo ser revisto em qualquer altura, em função da evolução da situação epidemiológica”.

O despacho atual revoga a decisão anterior do governo, que havia prorrogado a proibição de viagens não essenciais a partir do Brasil até o fim de setembro.

Apesar do impacto da medida, até o fim da manhã (hora local), o governo luso ainda não se pronunciou ou deu mais detalhes sobre a mudança.

O despacho que libera as viagens não faz referência a uma eventual obrigatoriedade de vacinação para os viajantes.

Pelas regras em vigor nos últimos meses, quem viaja do Brasil para Portugal precisa apresentar um teste negativo para a Covid-19 antes do embarque. O viajante também precisa cumprir uma quarentena obrigatória de 14 dias após a chegada ao território português.

Pessoas vacinadas contra a Covid-19 na Europa e com o documento sanitário europeu válido estão dispensadas da quarentena.

Os governos de Portugal e Brasil estão trabalhando em um acordo para o reconhecimento de vacinas que deve acabar com o confinamento para os totalmente imunizados.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade