PublicidadePublicidade

GIH de Anápolis prende homem que assassinou primo da esposa em reunião de família

Ele confessou ter efetuado os disparos, mas a motivação dada para a polícia não convenceu

Da Redação -
Leandro Dias Pereira foi atingido por disparos e morreu na hora. (Foto: Divulgação / GIH)

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis prendeu preventivamente, na manhã desta segunda-feira (20), um homem de 33 anos, identificado apenas como R. R. S.

Ele é apontado pelo órgão como sendo o autor dos disparos de arma de fogo que mataram Leandro Dias Pereira, de 37 anos, no último dia 23 de julho, no bairro São José.

Na ocasião, Fabrício Oliveira e Diego Barroso, ambos de 34 anos, também foram atingidos pelos disparos e sobreviveram.

PublicidadePublicidade

Tudo aconteceu durante uma confraternização em família da esposa do suspeito, que teria ficado com ciúmes ao pensar que Leandro, primo da companheira, estaria a assediando.

O casal deixou a residência durante uma discussão, mas o homem retornou minutos depois sozinho e com a arma, já atirando.

Leandro teve ferimentos muito graves e morreu antes mesmo do socorro chegar no endereço.

O responsável pelos disparos estava se escondendo no município de Niquelândia e afirmou ter usado drogas antes da festa e que atirou no primo da esposa em “legítima defesa”. Essa versão foi desmentida por todas as testemunhas.

R. R. S. confessou ter usado drogas e efetuado os disparos contra Leandro. (Foto: Divulgação / GIH)

Ele foi encaminhado para o presídio de Niquelândia e poderá responder pelos crimes de homicídio qualificado e dupla tentativa de homicídio.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade