Goiás caminha para entrar em estágio mínimo de risco para Covid-19 nas próximas semanas

Mapa de monitoramento divide estado em 18 microrregiões, sendo que 15 estão no estágio mais brando

Karina Ribeiro -
Imagem de parque em Goiânia (Foto: Divulgação/Prefeitura de Goiânia)

O mapa de recomendação de monitoramento de alerta divulgado semanalmente pela Secretaria Estadual de Saúde de Goiás (SES) revela uma boa notícia.

Das 18 microrregiões, 15 estão em estágio de alerta – o mais brando para Covid-19.

Do restante, apenas três – a Região Nordeste II (onde estão Alvorada do Norte e Nova Roma, por exemplo), Entorno Norte (onde estão Formosa e Cabeceiras) e Pirineus (Abadiânia e Anápolis) – estão em situação crítica (intermediária). Nenhuma região está em calamidade.

A conta é simples. Cada caso é analisado semanalmente.

Ou seja, se os três recortes acima migrarem positivamente para o estado de alerta, no próximo boletim, Goiás poderá ter baixo risco para Covid-19 em todo o seu território.

Entretanto, vale ressaltar que o efeito inverso também pode ocorrer. Regiões saírem de níveis mais brandos para intermediários.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.