‘Aparecida era marginalizada, com altos índices de violência e as pessoas não tinham acesso à saúde’, diz Mendanha

Prefeito e pré-candidato a governador lembrou a emancipação política, que completa 58 anos

Da Redação -
Gustavo Mendanha é prefeito de Aparecida de Goiânia e pré-candidato ao Governo de Goiás. (Foto: Rodrigo Estrela)

O prefeito Gustavo Mendanha (sem partido) usou as redes sociais neste domingo (14) para comemorar a emancipação de Aparecida de Goiânia.

A cidade ganhou autonomia em relação à capital em 1963, com projeto de Lei apresentado pelos então deputados Iris Rezende e Olinto Meirelles.

“Hoje é um dia muito especial. Estamos comemorando 58 anos de emancipação política”, disse Gustavo em vídeo.

Mesmo com autonomia administrativa, Aparecida sempre foi considerada uma cidade dormitório pelo pouco desenvolvimento econômico e social.

Uma situação que tem sido mudada desde a última década, a partir de uma política de incentivos fiscais por parte do município.

‘Aparecida era marginalizada, com altos índices de violência e as pessoas não tinham acesso à saúde’, destacou o prefeito.

O desenvolvimento de Aparecida tem sido o cartão de visita que Gustavo Mendanha apresenta para concorrer ao Governo de Goiás em 2022.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.