PublicidadePublicidade

Música ao vivo nos barzinhos pode virar patrimônio cultural de Goiás

Projeto de lei já foi protocolado e tramita na Assembleia Legislativa

Pedro Hara -
Projeto pretende transformar hábito dos goianos em patrimônio cultural (Foto: Maykon Cardoso/Alego)

Quem nunca foi em um barzinho aqui em Goiás e ao chegar lá estava rolando música ao vivo? Desde daquela sofrência até o rock, os shows ao vivo são parte importante da vida noturna no estado.

Em breve esse hábito pode ganhar uma nova importância. Proposto pelo deputado Charles Bento (PRTB), tramita na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) um projeto de lei que pretende transformar esse costume em patrimônio cultural de Goiás.

Em tramitação na Casa, a proposição foi encaminhada para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ). O relator é deputado Amilton Filho (SD).

Na justificativa do projeto, o parlamentar alegar que Goiás era conhecido como a capital brasileira da música ao vivo nos barzinhos entre as décadas de 1970 e 90.

A iniciativa pretende atender uma reivindicação dos artistas que defendem o resgate da memória do movimento em Goiânia.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.