Desaparecimento de jovem de 21 anos continua envolta em mistério

Rapaz foi visto pela última vez no último dia 27, após se encontrar com amigo, e família pede ajuda para saber onde ele está

Flávio Mobaroli -
Imagem de jovem desaparecido desde o dia 27 de dezembro. (Foto: Reprodução)

Os dias têm sido longos e tensos para a família de José Augusto Pereira de Faria, 21 anos, desaparecido desde a noite do último dia 27 de dezembro. Ele foi visto pela última vez na porta da casa de uma tia, na cidade de Itaberaí, distante cerca de 100 km de Goiânia.

As circunstâncias do caso estão envolvidas em mistério. Sabe-se que, na noite do desaparecimento, José Augusto passou em um bar, comeu espetinhos e tomou cervejas com um amigo, com quem seguiu até a casa da tia. No local, os dois pegaram cigarros, fumaram e conversaram até por volta das 22h30.

A tia de José Augusto teria observado a partida do outro rapaz e visto o sobrinho permanecer sozinho, momento em que foi se deitar. Na manhã seguinte, percebeu que ele não teria dormido na casa. Restavam apenas a carteira dele sobre o sofá e o celular no quintal.

PublicidadePublicidade

O vigilante Célio Teixeira de Faria, pai de José Augusto, registrou a ocorrência no dia seguinte ao desaparecimento. Ele também entregou o celular do filho à Polícia Civil para auxiliar nas investigações. Não havia testemunhas ou câmeras de segurança funcionando na noite do sumiço.

José Augusto morava com a avó paterna. Não estava estudando ou namorando. Na noite em que desapareceu, ele usava camiseta branca, bermuda jeans e chinelos. A família disponibilizou os números (62) 9 9949-1441 e (62) 9 9824-1925 para eventuais informações sobre o jovem.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.