Prestes a subir no altar, mulher leva super golpe do marido e fica com prejuízo de R$ 150 mil

Eles haviam se casado no civil há poucos dias e tudo estava pronto para festa religiosa quando suspeito sumiu repentinamente

Gabriella Licia -
Suposto golpista passou a ostentar uma vida de luxo no exterior. (Foto: Reprodução)

Uma moradora de Belo Horizonte acabou viralizando com a trágica história de abandono dias antes da cerimônia de casamento, com direito a uma dívida absurda de mais de R$ 150 mil, por parte do ex-companheiro.

Bárbara Dias, de 29 anos, contou em entrevista ao BHAZ que havia se casado no civil com Jonathan Machado Lucas Nogueira, de 27, exatamente 15 dias antes do desaparecimento do homem, e que estaria esperando a data para a grandiosa e sonhada cerimônia religiosa.

“Nove dias antes da festa ele sumiu sem deixar nenhum vestígio de que algo tinha acontecido”, relembra a vítima.

Segundo ela, eles tiveram um dia normal na data do sumiço.

“Ele conversou comigo no WhatsApp o dia todo e aí quando cheguei no apartamento vi que as coisas dele não estavam lá”, comentou.

A mulher disse que Jonathan era consultor financeiro e, após o desaparecimento, recebeu notícias de que os clientes do ex estariam suspeitando de golpes por parte do ‘profissional’.

Bárbara relembra que só pôde acreditar na hipótese de fuga, quando viu as fotos do antigo esposo na Europa.

“Eu não acreditava, até porque ele tinha compromissos financeiros com a minha família e que ele sempre honrou. Eu fui cair em mim mesma agora em dezembro”, pontuou

“Ele me bloqueou, bloqueou a minha família e não conversou mais comigo. Já tá até com outra pessoa”, afirmou.

Prejuízo

Além da festa desmarcada, do abandono e todos os danos deixados pelo homem, Bárbara teve de lidar com a dívida de R$ 150 mil deixada por Jonathan, referente a um tipo de ‘empréstimo’ que ele pegou com o sogro.

“Esse prejuízo somado são de cheques especiais que ele pediu pro meu pai emprestado um dia antes de sumir, compromissos que ele tinha em cartões de crédito nosso e empréstimos que eu tinha feito pra ele ao longo do nosso relacionamento”, explica ela.

Não sendo o bastante, mais de 20 vítimas já realizaram ocorrência judicial contra o golpista por estelionato, após o desaparecimento.

O caso está sendo investigado pela Polícia e orientação da corporação é que os cidadãos lesados procedam com a representação para que seja dada procedência nas investigações.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.