Após festas de Réveillon, clínicas de Anápolis lotam de pacientes com suspeita de Covid-19

Unidades, que ficaram vazias por dias, agora mal conseguem suportar a alta demanda de exames

Caio Henrique -
Teste PCR é usado para diagnóstico de Covid-19. (Foto: Divulgação)

Finalizadas as festividades de fim de ano, uma preocupação antiga voltou a assombrar as pessoas de todo o Brasil, incluindo os anapolinos.

Movidos pela velha dúvida de “será que estou com Covid?”, os moradores de Anápolis começaram uma busca incessante pelas clínicas e laboratórios que realizam os testes para identificar a doença.

A mobilização tomou forma depois que as aglomerações durante os feriados trouxeram um aumento no número de contaminados, aliado também ao surgimento da nova variação da Influenza, o H3N2.

Já que ambas as infecções causam sintomas gripais bastante semelhantes, a confirmação via testagem se tornou uma prática muito procurada pela população.

Essa realidade ficou ainda mais nítida depois que a reportagem entrou em contato com alguns dos principais laboratórios do município na tarde desta terça-feira (11).

A gerência da clínica Mais Saúde, por exemplo, explicou que as quatro unidades da rede estão com uma super demanda desde a última semana.

“Estamos trabalhando muito em todos os pontos. Tivemos até que contratar biomédicos e realizar uma grande compra de insumos para conseguir atender todos os pacientes”, destacou Johnatan, um dos sócios-administradores, em resposta ao Portal 6.

Ele explicou também que os exames rápidos, do tipo antígeno, estão sendo entregues dentro de um prazo de 30 minutos. Já os PCR, estão sendo liberados em até 24h.

Outro local muito procurado pelos anapolinos está sendo a Clínica Popular da Saúde, referência em atendimentos e preços mais acessíveis.

À reportagem, o proprietário, Fábio Bastos, contou que a procura pelos testes era quase nula até pouco antes do Natal. O cenário, entretanto, mudou completamente após a virada do ano.

“Tivemos que nos desdobrar, porque os casos e a procura aumentaram muito, em ambas as unidades”, afirmou.

A súbita demanda fez com que o tempo médio para a liberação dos resultados do teste rápido ficasse na casa das 2 horas. Os PCR podem demorar até 4 dias, por conta da necessidade de encaminhamento para fora do município.

A expectativa, contudo, é de que a rede consiga um fôlego maior a partir da próxima semana, com a inauguração da nova unidade.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.