Jovem que fingiu passar mal para não pagar conta de R$ 6 mil em bar dá novo calote e volta a ser preso

Ele foi para outro estado e mais uma vez consumiu várias bebidas caras e petiscos antes de ser pego

Pedro Hara -
Homem foi preso menos de uma semana após aplicar golpe em Goiânia. (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Menos de uma semana após ser preso em um bar do Setor Marista, fingindo passar mal para não pagar uma conta de mais de R$ 6 mil, Ruan Pamponet Costa, de 28 anos, voltou a ser encarcerado.

O caso ocorreu na quinta-feira (21), em um bar de Palmas (TO). Após consumir mais de R$ 5 mil, ele recusou-se a pagar a conta e foi conduzido pela Polícia Militar (PM) até a Central de Flagrantes.

Seguindo o mesmo método de quando esteve em Goiânia, Ruan estava acompanhado de outras pessoas e consumiu diversas bebidas com valores que ultrapassam mil reais, além de vários petiscos.

Ao G1 Tocantins, a assessoria do estabelecimento onde o golpista foi preso informou que quando o débito no estabelecimento chegou aos R$ 5 mil, foi solicitado que ele pagasse ao menos uma parte para continuar consumindo, o que não ocorreu.

No último dia 19 de abril, ao ser liberado da prisão em Goiânia, sem precisar pagar fiança, a juíza Maria Antônia de Faria determinou que ele ficasse longe de bares, prostíbulos e locais de má fama para evitar novos calotes.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.