Bolsonaro tenta polemizar com DiCaprio sobre eleições após embate com Anitta

Presidente relembrou quando o ator compartilhou uma fotografia desatualizada para falar sobre queimadas na Amazônia

Folhapress -
Presidente Jair Bolsonaro (Foto: Folhapress)

(FOLHAPRESS) – O presidente Jair Bolsonaro (PL) ironizou nesta sexta-feira (29) um tuíte do ator Leonardo DiCaprio incentivando brasileiros a tirarem o título de eleitor.

Ativista, ele é crítico à política ambiental do governo.

A provocação repete estratégia feita com Anitta recentemente, quando o chefe do Executivo respondeu a uma publicação da cantora e foi bloqueado por ela, que é declaradamente crítica ao seu governo.

Segundo Anitta, que tem 16,8 milhões de seguidores no Twitter, a estratégia de Bolsonaro é ganhar relevância e repercussão na rede social, uma vez que ela tem mais do que o dobro de seguidores que ele.

Atualmente, 7,8 milhões de usuários acompanham a página oficial de Bolsonaro no Twitter.

“Obrigada pelo seu apoio, Leo!”, escreveu o presidente nesta sexta, em inglês. “É muito importante ter todos os brasileiros votando na próxima eleição. Nosso povo vai decidir se quer manter nossa soberania na Amazônia ou ser governado por vigaristas que atendem a interesses especiais estrangeiros”.

Depois, o presidente relembrou quando o ator compartilhou uma fotografia desatualizada para falar sobre queimadas na Amazônia. À época, os dois tiverem embate público e Bolsonaro acusou-o de financiar queimadas criminosas no Brasil, o que o ator rechaçou.

O presidente disse ainda, ironicamente, que DiCrapio fez um “bom trabalho” no filme O Regresso, pelo qual ganhou Oscar em 2016 de melhor ator.

O ator americano entrou numa mesma campanha que outros, como o ator Mark Ruffalo, já aderiram. Enquanto este último tem cerca de 7 milhões de seguidores, DiCrapio tem 19,6 milhões, patamar superior ao de Anitta.

No último dia 16, Bolsonaro respondeu a um tuíte da cantora em que ela dizia que as cores da bandeira do Brasil pertenciam a todos os brasileiros. “Concordo com Anitta”, escreveu.

Apoiadores do presidente usam as cores verde e amarelo, que eles costuma dizer terem substituído o “vermelho”, em referência ao PT. No Coachella, a cantora brasileira usou look com as cores da bandeira.

A ironia de Bolsonaro levou Anitta a bloqueá-lo nas redes sociais.

“Ai, garoto, vai catar o que fazer, vai”, disse a cantora no Twitter. “Meti logo um block pra esses adms (administradores) dele não ficarem usando minhas redes sociais pra ganhar buzz (repercussão) na internet”, emendou.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.