Um em cada dez adolescentes em Goiás está obeso, revela SES

Condição pode gerar consequências graves no futuro, como até mesmo alguns tipos de cânceres

Augusto Araújo -
Um a cada dez adolescentes em Goiás está obeso, aponta estudo. (Foto: Reprodução)

A saúde dos jovens entre 10 e 19 anos em Goiás está em alerta. Isso porque aproximadamente um a cada dez adolescentes nessa faixa etária está obeso no estado. 

Os dados são do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN). Os números mais recentes, de 2020, revelam que 10,03% dessa população está com obesidade e 2,87% estão em um estágio grave da condição. 

Além disso, conforme a plataforma, 19,84% dos adolescentes goianos estão com sobrepeso.

Questionada pelo Portal 6, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) explicou que estar acima da faixa de peso ideal pode gerar consequências graves durante o desenvolvimento desses jovens.

“Obesidade e sobrepeso estão associados ao aumento de risco para hipertensão arterial sistêmica (HAS), diabetes mellitus, doença coronariana (angina e infarto do miocárdio), osteoartrose, distúrbios do metabolismo dos lipídios (colesterol, triglicerídeos), doenças da vesícula biliar e alguns tipos de cânceres”, explicou em nota.

Além disso, a pasta afirmou que crianças obesas apresentam risco maior de apresentar HAS, hipercolesterolemia. Elas podem ter também uma diminuição do hormônio do crescimento, distúrbios respiratórios e problemas ortopédicos.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade