Mulher é condenada após parceiro descobrir o que ela fez antes da hora H e processá-la

Condenada alegou que agiu por amor e pelo desejo de ser mãe

Isabella Valverde -
Mulher é condenada após parceiro descobrir o que ela fez antes da hora H e processá-la
Mulher é condenada após parceiro descobrir o que ela fez antes da hora H e processá-la (Foto: Reprodução)

Uma mulher, de 39 anos, foi condenada a uma pena de seis meses, por agressão sexual, após danificar propositalmente os preservativos do parceiro sem que ele tivesse conhecimento, na cidade de Bielefeld, localizada no Oeste da Alemanha.

Neste tipo de pena, o réu não chega a ser preso. Porém, o comportamento passa a ser observado pelo período determinado. A pessoa também pode ter que cumprir algumas medidas cautelares, como serviço comunitário. A decisão foi divulgada na quinta-feira (05), por jornais locais.

A jC.

A magistrada cita que, normalmente, este delito é cometido por homens que retiram o preservativo sem conhecimento da outra parte .

Em 2021, a ré e o companheiro, de 42 anos, se conheceram na internet e começaram a ter um relacionamento aberto e casual.

Com o tempo, mesmo sabendo que o homem não queria ter nada sério, ela acabou se apaixonando e tomou a medida drástica de furar as camisinhas que ele guardava na mesa de cabeceira para que pudesse engravidar.

A mulher tinha ciência de que o plano tinha dado errado, mas ainda assim enviou uma mensagem por WhatsApp para o parceiro contando o que havia feito e dizendo que acreditava estar esperando um filho dele.

Diante a confissão, o homem apresentou queixa criminal contra ela, que logo admitiu que não havia nenhuma gestação.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.