Morei por 20 anos na invasão do Anápolis City e apoio o projeto de doação de lotes aos mais vulneráveis

José Fernandes -
(Foto: Reprodução)

Nessa semana foi encaminhado à Câmara Municipal em regime de urgência, um projeto que nasceu em 2018, segundo palavras do digníssimo prefeito que o assina. Justamente às vésperas de uma campanha eleitoral.

Trata-se da doação de lotes para construção da casa própria de pessoas vulneráveis. Quatro anos pra ser elaborado e apresentado. Agora querem a todo custo que o Legislativo cumpra o seu papel, em até duas semanas. Isso é sem lógica e apequena a função do parlamentar e a discussão sobre a cidade.

Apresentaremos emendas a esse projeto com o real intuito de ajudar os mais vulneráveis, como: o aumento do tempo de isenção do IPTU, bem como critérios de seleção dos mais vulneráveis para os menos. Já há vereador com voto contrário, sem ao menos conhecer as emendas. Tomara que a maioria acate, caso contrário a intenção de trabalhar para os mais humildes não ficará tão evidente. Veremos nos próximos dias.

Esse assunto me emocionou, porque eu sei o que é pobreza. Eu sei o que é morar 20 anos em uma invasão, com expectativa de ter uma escritura.

Ficávamos felizes quando na nossa Rua Perimetral Oeste, ainda não asfaltada, chegavam máquinas de patrolamento e cascalhamento.

Tínhamos a expectativa do asfalto que nunca chegou enquanto morávamos lá. Sempre em eleições, tinham promessas. Até que construíram o Residencial Vila Feliz, próximo ao Conjunto Filostro, e fomos transferidos para lá. Já tinha lote e as casas construídas! Não tinha muros, garagens e o quintal era chão batido.

Já tem 15 anos que mudamos, e até hoje existem casas em que o quintal ainda é chão batido e só tem muro sem reboco e sem pintura.

Hoje eu tenho orgulho e a honra de ser vereador e ser um dos protagonistas junto com meus pares. Vou apoiar e votar a favor, mas vamos ser responsáveis e fazer essa ação com o coração, e não somente com interesse nas eleições que se aproxima.

Existe a expectativa da doação do lote e a expectativa de uma quantia irrisória para ajudar na construção. Não vamos brincar com sonhos alheios. A politicagem enoja até políticos. É isso!

José Fernandes é médico (ortopedista e legista) e bacharel em direito. Atualmente vereador em Anápolis pelo PSB. Escreve todas às sextas-feiras. Siga-o no Instagram.

As ideias e opiniões expressas no artigo são de exclusiva responsabilidade do autor, não refletindo, necessariamente, as visões do Portal 6.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade