Após cobra ser encontrada em guarda-roupa, mulher pode ir para cadeia e pagar multa de até 360 salários

Animal foi encontrado por um vizinho, que abriu gaveta para pegar uma camisa e acabou percebendo que havia algo se movimentando

Isabella Valverde -
Jibóia foi resgatada e levada para o Zoológico de Goiânia. (Foto: Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Um grande susto causado por uma jibóia encontrada dentro de um guarda-roupa, em um apartamento localizado no 16º andar, terminou com a Polícia Civil indiciando uma mulher por crime ambiental, nesta quinta-feira (19), em Goiânia.

Ao G1, o delegado Luziano Carvalho, da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), contou que o animal teria conseguido entrar no imóvel subindo pela sacada de uma vizinha.

A jibóia era criada em cativeiro e havia sido comprada há pouco tempo, mas os donos não quiseram informar quem seria o vendedor.

“Ouvimos a mulher, o marido e a sogra dela. Eles alegaram que adquiriam de alguém, mas não contaram de quem. Falaram que tinham a cobra há um mês e pagaram R$ 4 mil”, informou.

A Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Goiás (Semad) multou a mulher em um valor de R$ 1,5 mil.

Além disso, se ela for condenada pela criação ilegal do animal silvestre, poderá pegar pena de até um ano de prisão e o pagamento de uma multa que pode chegar até 360 salários mínimos.

Após a apreensão, a cobra foi encaminhada ao zoológico de Goiânia.

A descoberta 

O caso aconteceu no último domingo (15), quando o dono do apartamento foi pegar uma camisa dentro da gaveta e viu algo estranho, que se mexeu assim que ele encostou para ver o que era.

Animal estava dentro da gaveta do guarda-roupas do casal. (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

Logo que percebeu que era uma jibóia, ele rapidamente chamou a mulher para ver e trancaram todo o cômodo até a chegada dos bombeiros, que realizou o resgate

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade