Mulher acolhe necessitada em casa e acaba perdendo o marido para ela: “traição?”

Homem diz estar apaixonado e querer passar o resto da vida com a nova companheira

Gabriella Licia -
À esquerda, Tony com a antiga esposa e à direita, Tony com ucraniana. (Foto: Reprodução)

Uma mulher britânica decidiu acolher uma ucraniana refugiada – após a situação de conflito do país europeu com a Rússia – e acabou perdendo o casamento para a imigrante.

Tony Garnett, de 29 anos, e a antiga esposa Lorna Garnett, de 28, convidaram a jovem Sofiia Karkadym, de 22, para ficar na residência enquanto a guerra não amenizava.

No entanto, com 10 dias morando na nova casa, Tony e a ucraniana se apaixonaram perdidamente e decidiram abandonar tudo para unir os novos laços.

“Estamos planejando passar o resto de nossas vidas juntos”, disse Tony em entrevista ao The Sun.

“Assim que o vi, fiquei interessada nele. Foi muito rápido, mas esta é a nossa história de amor. Eu sei que as pessoas vão pensar mal de mim, mas acontece. Eu podia ver o quão infeliz Tony estava”, declarou Sofiia.

Acontece que, com a repercussão da história, diversos internautas ficaram revoltados com a ousadia da mulher em ‘tomar o marido da outra’.

“Traição sim, que mulher folgada!”, protestou um usuário no Twitter. Já outro disse “não julgo, se eles verdadeiramente se amam, quem somos nós pra julgar?”

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade