Em Anápolis, mãe recebeu telefonema perigoso e teve de atuar rápido para evitar morte do filho

Agonia só foi resolvida quando ela resolver fazer o certo e acionar a Polícia Militar

Da Redação -
Vítima foi encontrada pelos militares no banco de trás de um veículo que seguia em direção a uma mata.(Foto: Divulgação).

Uma mãe viveu momentos de desespero ao receber um telefonema, do número do filho, com uma pessoa dizendo que ele havia sido sequestrado e só sairia vivo se ela pagasse uma alta quantia. O caso ocorreu nesta segunda-feira (06), Vila São Joaquim, na região Sul de Anápolis.

O Portal 6 apurou que o suspeito pediu R$ 1 mil. Segundo ele, a quantia seria usada para quitar uma dívida de drogas da vítima.

Na ligação aterrorizante, a voz ainda prometeu matá-lo e ficar com o carro dele caso o valor não fosse repassado.

Desesperada e temendo pelo pior, a mãe foi até o endereço indicado pelo suposto sequestrador e pagou o que havia sido solicitado. Porém, ao não receber o filho em troca, ela decidiu procurar pela Polícia Militar (PM) e buscar por ajuda.

Logo, os militares se dividiram para tentar localizar a vítima e assim que parte da equipe chegou no imóvel onde o dinheiro foi entregue e se identificou, notou que um homem estava fugindo do local pulando o muro.

Já dentro da residência, os policiais identificaram diversas pessoas, possivelmente usuárias de drogas, e conversaram com uma delas, que estava com algumas porções de crack no bolso e foi levado para a delegacia.

A outra equipe de militares estava perseguindo um veículo e conseguiu abordar o carro assim que parou em um sinaleiro.

O condutor ainda teria tentado atropelar um dos policiais ao acelerar o carro e fugir do local, mas uma outra viatura conseguiu alcançar e encontrou a vítima no banco de trás. Ele disse que seria levado para uma mata e possivelmente executado.

O suspeito que conduzia o veículo conseguiu fugir se escondendo em um matagal da região.

O caso será agora investigado pela Polícia Civil.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.