Transexual morre em Anápolis após complicações de cirurgia feita em SP

Portal 6 apurou que o caso já foi registrado na Polícia Civil para investigação

Da Redação -
Hospital Estadual de Anápolis Dr. Henrique Santilo (HEANA) (Foto: Reprodução)

Após realizar um procedimento estético em São Paulo, Lorraine Alves, uma transexual de 22 anos, morreu na manhã desta quarta-feira (08), no Hospital Estadual de Anápolis Dr. Henrique Santillo (HEANA).

Natural de Belém do Pará, ela estava internada na unidade há alguns dias, desde que retornou para a cidade sentindo muitas dores, depois de ser liberada da unidade do procedimento, no último mês de maio.

A morte foi notificada na Polícia Civil, que investigará como toda a situação se desenvolveu.

Os principais objetivos agora seriam descobrir qual procedimento Lorraine fez, o dia e quem foi o profissional responsável pela cirurgia.

Os agentes, inclusive, aguardam o resultado de um laudo cadavérico para, em contato com a Polícia Interestadual (Polinter), desvendar o mistério.

A reportagem entrou em contato com pessoas próximas a vítima, mas, por conta do momento de luto, todos preferiram não se manifestar momentaneamente.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.