Manifestantes fazem topless em protesto pró-aborto em jogo da WNBA

Grupo foi retirado da quadra pela equipe de segurança e ninguém acabou preso

Folhapress -
Número de abortos caiu 60% no Texas após entrada em vigor de lei mais restritiva dos EUA (Foto: Flickr)

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Um grupo de manifestantes fez topless em um protesto pró-aborto durante a partida entre New York Liberty e Minnesota Lynx, nesta terça-feira (7), válida pela WNBA -a liga de basquete feminino dos Estados Unidos.

As mulheres, que fazem parte da organização “Rise Up 4 Abortion Rights” (“Levante-se pelos direitos ao aborto”, em inglês), invadiram a quadra sem camisa e com os seios pintados de verde.

O grupo foi retirado da quadra pela equipe de segurança do Barclays Center, casa do Liberty. Ninguém acabou preso, segundo o jornal New York Post.

Após a invasão, a organização tuitou uma foto das mulheres que invadiram a quadra.

“Esse era o público que queríamos. Não estamos protestando para mudar os corações e mentes dos fascistas que odeiam as mulheres. Não. Estamos convocando as milhões de pessoas que apoiam os direitos ao aborto, vocês!”, escreveu a entidade.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.