Anápolis fica longe da meta de imunização contra a influenza

Desinformação faz com que campanha não engrene, segundo diretora de Vigilância Epidemiológica

Isabella Valverde -
Campanha de vacinação para grupos prioritários encerrou com número de imunizados abaixo do esperado, em Anápolis. (Foto: Divulgação/Semusa)

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza em Anápolis teve adesão bem abaixo do esperado entre o público considerado prioritário.

Segundo levantamento da Secretaria Municipal de Saúde de Anápolis (Semusa), a meta era vacinar 129.888 pessoas. No entanto, apenas 58.264 receberam o imunizante, o equivalente a 44,9%.

Dos grupos prioritários, apenas os idosos e os profissionais da saúde conseguiram alcançar ao menos 50% de vacinas aplicadas. Por outro lado, a faixa de proteção entre puérperas e professores não atingiu sequer 30%.

Segundo a coordenadora de Vigilância Epidemiológica da pasta, Mirlene Garcia,  a baixa adesão dos anapolinos já reflete o que foi visto em outras cidades goianas e do resto do país.

Mirlene aponta fatores como o afastamento com as unidades de saúde e as notícias falsas contribuíram para que a população não procurasse os imunizantes.

“Um período de ausência desse vínculo com a unidade de saúde por um tempo, que foi fruto do processo da pandemia, esse afastamento. Outro ponto, a quantidade de informações que foram relacionadas a vacina nesses últimos anos, nesse um ano e meio. Informações ruins, fake news mesmo, que denigrem todo o processo de vacinação, todo um cuidado que se existe em relação a isso”, explicou.

“E foi um contexto bastante complicado. Um outro fator que também coincidiu com esse mês é que nós temos muitas pessoas que desenvolveram um quadro respiratório, seja gripe, Covid e outras situações, e que por receio, resolvem aguardar um período, um intervalo entre a vacina e esse quadro que apresentaram. Então, isso também foi comum”, completou.

Agora, com o objetivo de aumentar a cobertura vacinal, o imunizante contra a gripe foi liberado para toda a população a partir de seis meses, em Anápolis.

Os pontos de vacinação disponíveis na cidade podem ser consultados por meio do site da própria prefeitura.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade