Homem é preso suspeito de matar inimigo que o jurou de morte

Vítima chegou a ser encaminhado para hospital, mas já chegou sem vida

Karina Ribeiro -
(Foto: Reprodução)

Desentendimentos antigos e ‘jura de morte’. Esses foram os motivos apontados para que um homem, de 37 anos, fosse preso após assumir ter matado outro, de 34 anos.

O crime ocorreu na noite dessa quarta-feira (29), em Planaltina, Entorno do Distrito Federal (DF).

A metodologia para descobrir o suspeito do crime começou a ser desvendada após uma denúncia anônima do Hospital Municipal Santa Rita de Cássia – localizado no mesmo município. Neste local, a vítima esfaqueada foi deixada já sem vida.

O Portal 6 apurou que, após diligências, uma equipe da Polícia Militar (PM) descobriu que o possível autor estava próximo a um bar da região. Com as características físicas e de vestimentas, os militares o encontraram em frente à própria residência – situada no Bairro São Francisco.

Ao avistar os policiais, o homem jogou próximo ao corpo uma faca suja de sangue, possivelmente utilizada no crime. Neste momento, conforme a equipe da polícia, ele confessou o assassinato afirmando que o cometeu após a vítima tê-lo ameaçado de morte.

Diante dos fatos, o homem foi preso, submetido aos procedimentos legais. A faca também foi apresentada na Central de Flagrantes de Planaltina.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.