Quem é a menina que fez o ‘L’ de Lula na plateia do programa de Silvio Santos

Sentada atrás do apresentador e do deputado estadual bolsonarista Frederico D'Ávila (PL-SP), Leticia estava fora do campo de visão dos dois, mas de frente para a câmera

Folhapress -
Adolescente viralizou após aparecer no programa fazendo ‘L’ de Lula. (Foto: Reprodução)

Tinha tudo para ser mais um domingo de cédulas transformadas em aviõezinhos e atiradas para a plateia, de ofertas de produtos Jequiti e senhorinhas participando de desafios propostos por Silvio Santos -até que, malandramente, Leticia Trevisan, 16, entrou em cena.

Sentada atrás do apresentador e do deputado estadual bolsonarista Frederico D’Ávila (PL-SP), Leticia estava fora do campo de visão dos dois, mas de frente para a câmera.

O político era entrevistado por Silvio e vinha cortando um dobrado para fazer o dono do SBT entender que seu partido apoiaria Jair Bolsonaro porque o presidente faz parte de seus quadros, simples assim.

Foi dali, de seu ponto privilegiado, que ela esticou o polegar e o indicador, e com ar desafiador balançou de leve os dreadlocks e fez um L para as lentes. Era uma referência ao pré-candidato Luiz Inácio Lula da Silva do (PT), provável adversário de Bolsonaro no segundo turno das eleições de outubro -é o que dizem as pesquisas.

O vídeo viralizou e chegou ao ex-presidente, que o reproduziu em suas redes e mandou “um abraço para a jovem de vermelho”. Mulher de Lula, Rosângela da Silva, a Janja, reforçou o coro e emendou com “um beijão” para a estudante, que cursa o ensino médio de uma escola estadual de Cotia, na Grande São Paulo.

Filha de uma cozinheira desempregada que a criou sozinha junto a suas duas irmãs mais velhas (o pai largou a família quando ela era pequena), Leticia é habitué da plateia de Silvio e estava pela quarta vez na gravação, para onde costuma ir acompanhando a caravana de sua cidade.

Ela diz que a roupa vermelha não foi premeditada, até porque não tinha como. “A gente nunca sabe quem vai estar no programa”.

A gravação aconteceu na quinta-feira (24), três dias antes de o programa ir ao ar, e Letícia garante que decidiu fazer o gesto-símbolo do petista como uma forma de protesto ao perceber o rumo da prosa entre o deputado e o apresentador, que nunca escondeu o apoio a Bolsonaro. Fabio Faria, genro de Silvio, aliás, é ministro das Comunicações do governo.

“Fiz o ‘L’ de Lula porque ele [o deputado] disse que a maioria dos brasileiros apoia a reeleição de Bolsonaro nas eleições em outubro. Quem, minha gente? Ninguém que eu conheço vai voltar nele”, conta Letícia ao F5. “Quando ele era presidente, a comida era mais barata. As pessoas tinham mais poder de compra, tinham emprego”.

Diante da repercussão de seu gesto, Leticia foi avisada pelo SBT que havia se tornado persona non grata na emissora. Segundo ela, o canal voltou atrás logo em seguida. “A caravanista soube que eu tinha sido proibida, mas me prometeu que iria deixar baixar a poeira para interceder por mim. Ela sabe que não foi intencional, eu nem sabia que não podia falar de política”.

Já o Partido dos Trabalhadores de Lula quer mais é que a adolescente, aspirante a uma vaga na universidade de medicina, fale bastante sobre o assunto na futura campanha presidencial – tanto que a convidou para “uma conversa” numa das sedes do partido, em São Paulo. A princípio, ficou tudo agendado para a próxima semana, em dia ainda a ser definido.

Enquanto isso, Leticia vai vivendo as dores e delícias da fama repentina. Se ganhou afagos do ex-presidente, de sua mulher, de políticos de esquerda e de celebridades como a cantora Gloria Groove e a influenciadora e advogada Deolane Bezerra, por outro lado, vem sofrendo ataques de ódio nas redes sociais. “Me xingaram bastante, mas o que mais me machucou foram comentários como ‘neguinha’ e ‘tinha que ser da favela mesmo’. É Racismo puro”.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.