Motorista de van é preso suspeito de ter estuprado criança de 3 anos em Anápolis

Garotinha, que já fez exames de corpo de delito, relatou que homem teria ejaculado na boca dela

Da Redação -
Van foi apreendida e será periciada. (Foto: Reprodução)

Um motorista de transporte escolar, de 56 anos, foi preso nesta terça-feira (05), no Residencial Paris, região Oeste de Anápolis, depois que a investigação da Polícia Civil apontou que ele estuprou uma criança de apenas 03 anos de idade.

O mandado de prisão temporária foi expedido pela 5ª Vara Criminal de Anápolis. A mãe da vítima, que denunciou o crime, também relatou à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) que foi ameaçada pelo suspeito.

Segundo a delegada Kenia Dutra, há várias provas de que o homem teria violado a garotinha. “Temos avaliação psicológica, relatório médico pediátrico, laudo de exame de corpo de delito, escuta especializada e oitivas de testemunhas”, disse em entrevista à Rádio São Francisco.

O suspeito era conhecido e gozava da confiança da família. O crime teria acontecido há cerca de dez dias, num dos itinerários casa-escola que a criança fazia com o motorista. Na ocasião, ele teria até mesmo ejaculado na boca dela.

Um exame pediátrico, bem como o laudo do Instituto Médico Legal (IML), apontou que o hímen da garotinha tornou-se complacente, embora não tenha se rompido. “Verificamos esses indícios de violação sexual”, reforçou a delegada.

A criança também passou por exame psicológico e pela escuta especializada para garantir que não houve alienação parental, criação de narrativa ou fantasia. “Não houve indício de que a narrativa não seja verdadeira”, concluiu Kenia.

Os pais procuraram a polícia depois que perceberam alterações no comportamento da criança. A mãe ainda confrontou o motorista, que negou as acusações e ainda a ameaçou.

Na operação desta terça-feira também foi apreendida a van e o celular do homem. Os objetos serão periciados para busca de material biológico.

Mesmo sem ser questionado a respeito, o motorista disse que qualquer indício encontrado seria do relacionamento dele com a namorada.

O homem já tem registro criminal por violência doméstica.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.