Torcedor que chamou jogador do Atlético-GO de “macaco” é denunciado

MP pede que o indivíduo responda pelo crime de injúria racial pela ofensa ao jovem atleta

Isabella Valverde -
Volante Gustavo, do Atlético Goianiense, foi vítima de racismo durante partida do time. (Foto: Reprodução)

Daniel José Mendes foi denunciado pelo Ministério Público de Goiás (MPGO), na comarca de Trindade, por injúria racial após ter chamado o volante Gustavo, do Atlético-GO, de “macaco” durante uma partida do Goianão sub-20.

Como o crime aconteceu num local com muitas pessoas, a promotora Cristiane Vieira de Araújo pediu majoração da pena.

Ela apontou que o inquérito policial concluiu que o denunciado injuriou a vítima com ofensas referentes a raça e cor, no dia 06 de junho no Estádio Abraão Manoel Monteiro da Costa.

Na data, Trindade e Atlético-GO, time do volante Gustavo, se enfrentavam num duelo do estadual da categoria sub-20. Em dado momento, houve uma discussão entre a vítima e um jogador do time adversário.

Foi então que Daniel José, que é torcedor do Trindade, entrou na briga e chamou a vítima de “negão” e “macaco”.

Neste momento, os jogadores dos dois times ficaram horrorizados e o jogo foi interrompido para prestar apoio a Gustavo.

Diante das ofensas, diversos jogadores correram atrás do denunciado, que reagiu ameaçando: “me dá minha faca e minha arma”.

Por acreditarem que ele estava armado, o grupo desistiu da perseguição para se proteger. Com isso, ele aproveitou e fugiu do local. A polícia não o encontrou.

Abalada com as ofensas, a vítima registrou uma ocorrência policial.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade