Jovem teme pelo pior após descobrir que perde uma parte da memória a cada dois meses

Durante crises, ela chega a desconhecer o marido e pedir pela presença dos pais - o que gera bastante preocupação

Da Redação -
Chloe Barnard. (Foto: Reprodução)

Uma jovem tornou pública a história de vida atípica, em que ela sofre de uma condição extremamente rara e perde a memória temporariamente, esquecendo tudo que viveu nos últimos 23 anos.

Chloe Barnard, de 29 anos, explicou que é casada e que, uma vez a cada dois meses, – no mínimo – ocorre um momento de perda de memória.

A mulher explicou que, aos 19, sofreu um pequeno derrame cerebral e, por conta disso, os médicos acreditam que a falha possa ser uma consequência.

“O médico disse que isso poderia acontecer até uma ou duas vezes na vida de uma pessoa, mas no meu caso acontece uma vez a cada dois meses. Eles não tem certeza se tem uma conexão com meu derrame”, disse.

Chloe comenta que situações de estresse intenso e noites mal dormidas são fatores contribuintes para as crises de perda de memória.

“Certo dia, nós tivemos uma discussão e eu fui dormir para fugir da situação. Quando acordei eu desci as escadas e não reconheci a casa, mas pensei ‘deve ser minha casa porque tem uma escada e eu tenho só seis anos’”, relembra a jovem.

“James estava no sofá com nosso cachorro e eu não os reconheci. Perguntei a ele quem ele era e disse que queria meus pais”, contou. “Quando eu acordei no dia seguinte, estava tudo normal”.

O grande problema é que a mulher vive constantemente com receio de enfrentar uma nova situação e cometer alguma insanidade, como atacar o marido, acreditando ser outra pessoa.

“Ele sabe lidar com isso, mas sei que ele fica preocupado. Eu não consigo me imaginar cuidando de alguém com esses problemas”, desabafa a paciente.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade